Kangibrina

Você sabe quem são os Palagaristas Malefatos?

28 07.2012
Por Denis Zanini Lima [ postado às 13:41 ]

O Palagaristas Malefatos é um blog do meu bróder Thiago Mangueira e de seu colega Gilson Nunes, que estão fazendo o curso de Google Marketing.

O objetivo do blog é aparecer em primeiro lugar na busca do Google em apenas 1 dia. Os caras são bons. Tenho certeza que os Palagaristas Malefatos irão conseguir!

Sem mais,

21 07.2012
Por Denis Zanini Lima [ postado às 17:36 ]
  • tags:
compartilhe:
Share
Nenhum comentário

Parabéns, Seu Raimundo! Parabéns, Santos!

15 07.2012
Por Denis Zanini Lima [ postado às 17:01 ]

Se estivesse conosco, meu pai teria completado no último 11 de março 70 anos. Ele se foi de forma precoce, há 8 anos, vítima de um infarto traiçoeiro, deixando saudades incontáveis na família e nos amigos.

Meu pai nasceu em Aratuba, uma simpática cidadezinha serrana do Ceará. Veio para São Paulo ainda moço, para estudar e trabalhar. Aqui conheceu o amor de sua vida, dona Teresinha, casaram-se e tiverem quatro filhos.

Quando se mudou para cá, Seu Raimundo adotou o Santos como time do coração. Não era fanático, mas acompanhava de perto o time, pelo rádio ou pela tv. Ainda é nítida na minha memória a imagem dele, nas tardes de domingo, ouvindo os jogos do Peixe em um Motoradio azul, na voz de Fiori Giglioti, pela Bandeirantes AM 840Khz.

Só não virei santista porque meus avôs maternos (palmeirenses fervorosos) foram mais rápidos. Logo pequeno, fui brindado com todos os mimos possíveis e imagináveis com o escudo do Palestra. E ainda meu avô me levava para ver aos jogos no estádio.

Mas o convívio clubístico entre eu e meu pai era mais do que harmônico. Era fraternal. Ele também me levava ao estádio e vibrava junto comigo. Quando assistiámos aos jogos do Palmeiras pela tevê, era comum flagrá-lo torcendo mais do que eu. E a recíproca era mais do que verdadeira. Sempre torcia para o Santos ganhar dos adversários.

Eu me lembro muito bem dos abraços apertados que nos demos quando o tal Zapata chutou aquele pênalti para fora e o Verdão conquistou a Libertadores em 1999 e quando o Santos saiu da fila em 2002, com direito a um show de pedaladas de Robinho.

Por tudo isso, considero o Santos meu segundo time. Quando não é contra o Verdão, torço para o time praiano sim senhor. O clube que revelou Pelé, o melhor jogador de todos os tempos, e que neste ano completou 100 anos de vida.

E para homenagear Seu Raimundo (70 anos) e o Santos FC (100 anos), resolvi conhecer a Vila Belmiro, estádio que ainda não havia visitado. No último domingo (8 de julho), eu e meu irmão fomos ver Santos 4 x 2 Grêmio, com mais um show de Neymar e, quem sabe, do futuro camisa 10 da seleção, Felipe Anderson, o melhor jogador em campo.

Cobrindo meu coração, estava o escudo santista, da camisa que dei para meu pai alguns meses antes dele partir. Dessa forma, meu pai, eu e meu irmão, juntos, estivemos na Vila, pela primeira vez. Espero que, lá de cima, ele tenha gostado do presente.

Parabéns, meu pai. Te amo muito. Um grande beijo.

Do seu seu filho,

Denis

  • tags:
compartilhe:
Share
Nenhum comentário