Kangibrina

Mijando no chão, molhando a mão do guarda

12 11.2012
Por Denis Zanini Lima [ postado às 14:31 ]

Podem me chamar de Cândido, Poliana e afins, mas sou um otimista incorrigível com relação ao Brasil. Acredito – e os números confirmam – que o Brasil cresceu muito nos últimos anos, e continuará nessa toada (com oscilações, é verdade) por um bom tempo.

Acho essa corrente do “imagina na Copa”, “no Brasil tudo acaba em pizza” um verdadeiro porre, de gente que gosta mais de reclamar do que de agir.

Mas, otimismo à parte, nosso país ainda tem parâmetros que mostra o quanto ainda temos que evoluir. E não estou falando dos parâmetros macro, como baixo índice de educação, crimininalidade em alta, caos no transporte, etc.

Estou falando das pequenas coisas do cotidiano que, para a maioria das pessoas passa batido, mas que revela uma preocupante faceta dos brasileiros.

Dois exemplos:

O primeiro é a tolerância às “pequenas corrupções”.  Uma pesquisa do Vox Populi divulgada na semana passada revelou que 23% da população não considera corrupção subornar um guarda para não levar uma multa.

Outros pequenos delitos tolerados apontados pela pesquisa são não dar nota fiscal, não declarar Imposto de Renda, falsificar carteirinha de estudante, dar/aceitar troco errado, roubar TV a cabo, furar fila, comprar produtos falsificado e bater ponto pelo colega.

Um povo que corrompe não pode querer que seus representantes em instâncias públicas não corrompa. Portanto, é um comportamento que precisa ser mudado.

E o segundo item de nosso atraso são esses avisos de “pedagogia sanitária”. Quando entro em um lugar com essa placa, que de tão comum em nossos WCs parece item obrigatório de decoração, me dá uma depressão danada…

Um povo que vai ao banheiro e precisa ser informado que não se deve urinar no chão, jogar papel no vaso e dar a descarga é porque ainda tem um longo caminho pela frente.

Enquanto não pararmos de mijar no chão e molhar a mão do guarda, nunca seremos uma grande nação.

  • tags:
compartilhe:
Share
Nenhum comentário