Kangibrina

Mulher, cerveja, dinheiro

29 06.2010
Por Denis Zanini Lima [ postado às 21:35 ]

Demorou mas finalmente alguém percebeu: mulheres também consomem cerveja.

Óóóóó [espanto irônico]. Quem diria, hein?

Longe de mim ficar me perfazendo mas pra minha pessoa isso não é surpresa nenhuma.

Eu – botequeiro velho de guerra – sabia disso desde o tempos que pendurava conta no Bar do Camelão.

Ah, mas do que estou me gabando?

Será que tinha gente que achava que as donzelas iam pros bares tomar Sustagen de morango?

Francamente…

Bom, o fato é que as moças realmente gostam da loira.

Segundo pesquisa do Grupo Bolsa de Mulher, elas são responsáveis por honrosos 35% do consumo da bebida, que equivalem a R$ 10 bilhões.

E o que isso quer dizer, tio?

Quer dizer, pequeno gafanhonto, que há um nicho imenso de mercado a ser explorado, negligenciado há anos pelas kaisers e schins da vida, talvez por ficarem a maior parte do tempo pensando na mulher como um mero objeto para suas campanhas imbecis, e não como um consumidora em potencial.

A boa notícia é que na contramão desse pensamento tacanho, o Bolsa de Mulher resolveu lançar no mercado uma cerveja focada exclusivamente no público feminino.

Numa jogada muito interessante, a Espalhe, agência contratada para essa missão, resolveu adotar a estratégia de open branded.

Ou seja, está convidando outras agências para participar de todo o processo, do brieffing à distribuição do produto.

E para isso não é preciso prática tampouco habilidade.

Basta se cadastrar no blog da campanha que eles irão até sua empresa promover uma degustação.

Nada mal, não?

Tomar cerveja de graça, participar de uma ação inteligente voltada ao público feminino e ainda por cima poder ganhar uns trocados.

Será que é pedir demais que a degustão seja feita durante uma partida do Verdão?

Fiat promove a maior entrevista coletiva do mundo

28 04.2010
Por Denis Zanini Lima [ postado às 15:06 ]


Finalmente acharam uma “utilidade útil” para o Formspring, aquele formulário de perguntas e respostas via web.

O feito coube à Espalhe, agência especializada em marketing de guerrilha, que utilizará a ferramenta para promover entrevista coletiva para o lançamento do novo Uno.

Além da inovação na maneira de fazer a entrevista, os caras da agência estão com uma meta bem ousada. Eles pretendem consolidar a marca de maior coletiva do mundo, respondendo o maior número de perguntas em 24 horas.

Para isso uma equipe de 15 pessoas irá trabalhar em ritmo de non stop.

As perguntas já podem ser feitas pelo endereço formspring.me/fiatbr

As respostas começarão a ser enviadas no dia 4 de maio, na convenção de lançamento do carro.

Vasco na pele

01 04.2010
Por Denis Zanini Lima [ postado às 15:16 ]


O Vasco da Gama está convocando seus torcedores para quebrar um importante recorde mundial.

Não, seu urubu fanfarrão. Não é o de maior número de vice-campeonatos cariocas consecutivos.

O desafio em questão é passar a marca de 802 tatuagens feitas em 24 horas e entrar no Guiness Book.

A tatoo que vai ornar a pele dos torcedores é a famosa cruz de malta.

Os cruz-maltinos que participarem da promoção ganharão a camisa 3 do clube (que ficou linda).

A iniciativa é da Cavalera, que há alguns meses fez uma ação promocional muito bacana para o lançamento da terceira camisa da Lusinha.

Os interessados devem se inscrever no http://www.vasconapele.com.br/