Kangibrina

Você está pronto para a Web 3.0?

09 02.2011
Por Denis Zanini Lima [ postado às 12:56 ]

Acabo de ler o livro Pull: O Futuro da Internet e o Impacto da Web Semântica em seus Negócios, de David Siegel. Certamente é a melhor obra sobre o tema que não parece ficção científica.

A Web Semântica – ou 3.0 – que o autor propõe consiste, em resumo, na troca do conceito push (empurrar) para o pull (puxar).

Nossa! Que legal! E o que isso siginfica?

Significa, Pedro Bó, uma internet mais inteligente, que vai entender e servir melhor seus usuários, em todos os aspectos de nossas vidas.

Um exemplo bem, mas bem simples mesmo: vamos supor que você queira descobrir para um projeto de trabalho as 50 cidades no estado com o maior consumo de refrigerante.

Nos mecanismos de buscas atuais a sua pesquisa resultará em vários links onde estão contidas informações fragmentadas do que você precisa. Daí, cabe ao usuário garimpá-las e montar o seu paper.

Na Web Semantica, onde os dados “conversam” entre si e entendem exatamente sua necessidade, e a sua busca resultará numa página customizada, completa, com exatamente aquilo que você precisa. Nem mais, nem menos.

Fantástico, não?

A Web 3.0 é um movimento já em curso, de caráter holístico e irreversível.

Toda nossa vida estará online: histórico médico, compra de supermercados, filmes que você já viu, conta bancária, milhagens aéreas, etc, etc, etc

Com o cruzamento de informações a web terá tudo aquilo que você necessita. Basta puxar (daí o conceito do pull) o que você quer.

As empresas terão que se adaptar para cativar esse novo consumidor já que a propaganda não poderá mais ser empurrada (dai o conceito de push. Arrá). As marcas terão que se engajar e envolver emocionalmente seus clientes.

A força do consumidor (ou do prosumidor) será quase incálculável. Não serão as empresas que terão os clientes. Serão os clientes que terão as empresas.

Todos nossos devices serão conectados entre si: geladeira, carro, televisão, máquina de lavar…

Vamos supor que quando você ligar o carro a geladeira enviará uma mensagem para o seu celular avisando que o leite acabou. Você pode optar entre passar no supermercado ou, pelo celular mesmo, comprar o produto e pedir para entregar na sua casa.

Ficção científica? Que nada. A previsão é que isso já seja familiar a uma boa parte da humanidade até 2020.

Mais infos no vídeo acima ou no site www.thepoweroffull.com