Kangibrina

Bacon para todos

23 07.2009
Por Denis Zanini Lima [ postado às 12:29 ]

Uma pena que a exposição comemorativa ao centenário de nascimento do genial Francis Bacon (1909-1992) não passará pelo Brasil.

O privilégio caberá apenas aos ingleses (Tate), espanhóis (Prado) e norte-americanos (Metropolitan).

Maior artista plástico do século 20, ao lado de Picasso e Dalí, Bacon pintava de forma visceral, raivosa.

Seus quadros são irresistivelmente perturbadores.

Tive oportunidades de ver alguns pessoalmente, em uma das Bienais de São Paulo.

Mas ele – e os seus fãs – merecemos muito mais do que meia dúzia de obras.

Já está na hora do Brasil sediar uma exposição individual do cara.

Bradesco? Petrobras? Vivo? Ninguém se habilita a patrocinar o evento?