Kangibrina

O que Mauricio de Sousa tem a nos ensinar sobre marketing

17 08.2010
Por Denis Zanini Lima [ postado às 19:41 ]

Mauricio de Sousa é um gênio sem igual.

Não apenas por suas premiadas histórias em quadrinhos, que vem entretendo e maravilhando crianças de todas as idades e gerações (este escriba incluso).

O cara é um fenômeno também no campo do marketing.

E quando digo marketing não estou me referindo apenas ao seu entendimento mais trivial (o promocional).

Falo do marketing como uma todo, envolvendo desde a missão, passando pelas estratégias de marketing mix e terminando no pós-venda.

Abres parenteses: ok, ok, não precisam me apedrejar, sei que o marketing não termina no pós-venda. O relacionamento com o consumidor deve ser uma constante. É só uma força de expressão que quis utilizar para dar mais sentido à frase. Fecha parenteses.

Me dei conta disso quando comecei a rascunhar meu trabalho de conclusão do MBA.

Entre apostilas, livros e anotações, enquanto pensava numa definição de missão que se encaixasse no business plan, bati os olhos na capa do livro Maurício de Sousa por 50 Artistas, postado na prateleira perto da escrivaninha

E aí que veio o insight.

Usando com muita sabedoria boa parte dos mandamentos do marketing a Maurício de Sousa Produções consegue se manter no topo mesmo depois de decorrido meio século.

Vejam por exemplo a visão do negócio, que é a alma, a razão de ser de todo empreendimento.

A turminha usa celular, joga videogame, fala gírias modernas mas não abre mão dos suas características seminais, por mais politicamente incorretos ou inverossímeis que tenham se tornado hoje; todos continuam morando em casas, jogando futebol na rua, o cebolinha falando errado, a magali comendo tudo que vê pela frente (embora dê mais prioridades à frutas) e o cascão sem tomar banho.

E porque ? Porque o objetivo da MSP é fornecer entretenimento saudável, lúdico, idealizado, por meio de diversas plataformas (papel, áudio, vídeo, etc), e que seja de fácil assimilação pelo imaginário infantil.

E nisso eles são mestres. É como o sabor da Coca Cola na latinha vermelha. Isso não se muda. É atemporal, único, inigualável.

E com relação à segmentação?

Para atender ao público mais crescido, sabiamente criaram uma extensão da marca, a Mônica Teen. Em estilo mangá, a revista usa os mesmos personagens, só que adolescentes, com situações comuns aos leitores dessa faixa etária, criando uma identificação ainda mais forte.

E o Marketing Mix?

Os produtos da Turma da Mônica podem ser facilmente encontrados em supermercados, lojas de conveniência, bancas de jornal, farmácias, lojas de brinquedos, todos sempre com boa qualidade e preços competitivos.

E não pára por ai. A lista é infindável.

Gradativamente voltarei a este espaço para ir incluindo novas análises envolvendo Marketing e Maurício de Sousa.

Porra, Maurício!

11 03.2010
Por Denis Zanini Lima [ postado às 21:31 ]

Confira mais do humor politicamente incorreto da Turma da Mônica no Porra, Maurício.