Kangibrina

Drucker e o dilema entre o CRM 1.0 e a Web 2.0

15 06.2010
Por Denis Zanini Lima [ postado às 16:39 ]

Há alguns posts escrevi sobre o dilema entre CRM 1.0 e a Web 2.0 que muitas empresas estão enfrentando. Enquanto os investimentos em blogs, twitter e outras mídias sociais não páram de crescer, o oposto acontece com as ferramentas e políticas de CRM tradicionais.

E quem sai perdendo com esse paradoxo é o consumidor.

Na ocasião, usei como exemplo a revista Dinheiro e o jornal Folha de S. Paulo, que me presentearam, respectivamente, com os livros Cartas entre Amigos e Formação do Brasil Contemporâneo, como “prêmios” pelas renovações de minhas assinaturas.

Se eles fizessem uma simples consulta aos seus respectivos bancos de dados (a letra A do ABC do Marketing de Relacionamento) dariam conta que não gosto de nenhum desses tipos de leituras.

Sem medo de errar eles poderiam me dar um livro sobre jornalismo, artes ou marketing, áreas em que tenho formação e especialização.

Estou pedindo muito?

Claro que não. E se as empresas pensarem assim – inclusive o tal jornal que se proclama do futuro – estarão com os dias contados.

Sou adepto da Geração Y e por isso acho que cavalo dado se olha os dentes, sim!

Não quero presentes massificados que não tenha nada a ver comigo. Se for assim prefiro não ganhá-los.

A palavra de ordem é customização e convergência.

E assim como eu, uma legião de novos consumidores está sendo formada com essa mentalidade.

Contudo, do outro lado da moeda e para alívio de muita gente, há empresas que estão sabendo equilibrar bem essas duas vertentes, ao mesmo tempo investindo em mídias sociais e mantendo suas políticas e ferramentas de CRM azeitadas e atuantes.

Uma delas é a Madia Marketing.

Abre parênteses: sei que isso isso é o mínimo que se pode esperar de uma agência de marketing. Mas acreditem: o que se tem de espeto de pau em casa de ferreiro daria pra encher uma floresta amazônica. Fecha parênteses.

Em homenagem aos 100 anos de Peter Drucker a empresa produziu um livro com 100 máximas do papa da Administração moderna.

A publicação, simples, em formato de bolso, duas cores, está sendo usada para presentear funcionários, clientes, parceiros e alunos.

E tem agradado todos os contemplados por dois motivo muitos simples. 1) O conteúdo de qualidade 2) Acerta em cheio no target.

Recebi um exemplar em uma aula de apresentação e gostei muito. E para as empresas que ainda estão no dilema entre CRM 1.0 e Web 2.0 aí vai uma das perólas druckerinas: “A melhor maneira de prever o futuro é criá-lo”.