Kangibrina

Demorou. Mas o atendimento via Twitter do Santander funciona.

29 07.2010
Por Denis Zanini Lima [ postado às 16:02 ]


Há tempos venho analisando as campanhas do Banco Santander.

O correto posicionamento da empresa como amigo responsável do cliente, preocupado com políticas sustentáveis, emoldurado pelo slogan “Vamos fazer juntos?”, é sensacional.

Superou até mesmo as campanhas do Itaú que, via de regra, são brilhantes.

Por conta disso comecei a me interessar pelo banco.

Quando vi o novo comercial, em que divulgam o Twitter do banco e da sua ouvidoria, pensei: finalmente uma grande empresa criou coragem e resolveu investir pesado na promoção das mídias sociais para se relacionar com os clientes.

E decidi: quero ser cliente desse banco!

Por conta disso, na terça, enviei duas mensagens pelo passarinho azul:

Confesso que esperava um retorno breve.

Assim como aconteceu com a Best Buy.

Para minha frustração a resposta demorou cerca de 24 horas. E pedindo para que eu passasse meu telefone.

Fiquei um pouco decepcionado.

Esperava algo mais rápido e certeiro, como a dinâmica do Twitter pede.

Mas já é um começo.

Creio que com alguns ajustes o atendimento poderá ser mais ligeiro e eficiente.

De qualquer forma é inegável que o Santander inaugurou uma nova era na relação banco-cliente.

Resta saber como será a qualidade desse atendimento.

Como fã das mídias sociais torço para que essa iniciativa tenha sucesso.