Kangibrina

Top 5 – Os piores tipos de perfis para seguir no Twitter

03 03.2011
Por Denis Zanini Lima [ postado às 19:51 ]
1) Ghosts – Aqueles que abriram a conta no Twitter há um ano atrás, só pra seguir o Luciano Huck, e nem se lembram da senha direito. De vez em nunca voltam do mundo dos mortos digitais para postar alguma coisa ultra-relevante, do gênero “fui passear com o cachorro” ou “adoro coxinha com catupiry da minha tia Gioconda”.
2) Hardys – No melhor estilo da lendária hiena do desenho animado, usam o pobre do passarinho azul para reclamar de absolutamente tudo, o tempo todo: do trânsito, do trabalho, do clima, do preço da batata. Ao invés de perderem tempo desabafando virtualmente, deveriam procurar um bom analista.
3) Prolixos - 140 caracteres não comportam toda sua genialidade e verborragia. Para furar essa “limitação” do Twitter, não se furtam em postar um tuíte atrás do outro, pra que suas teses sejam lidas (ou bloqueadas) na íntegra. Pra essa gente recomendo uma coisa muito bacana, chamada blog. Qualquer bípede que saiba digitar pode ter o seu e escrever o que e o quanto quiser, sem censura ou interrupções. Até eu tenho um.
4) Piadistas internos – Piadas internas podem até ser muito engraçadas, mas dentro do ambiente de trabalho. Fora, quase sempre não. O problema é que muitos desconhecem essa regrinha básica e adoram disseminar para seus seguidores situações “hilariantes” totalmente fora do contexto, o que as deixam tão divertidas quanto um tratamento de canal.
5) Fãs dos Messengers – São aqueles que acham que o Twitter é o substituto natural dos programas de mensagens instantâneas. Por isso, batem altos papos particulares em um veículo público, mandando um tuíte atrás do outro, na maior. Nem DM usam. Aliás, o que é DM?
compartilhe:
Share
Nenhum comentário

Tuíte no aeroporto. Você pode ser (positivamente) surpreendido

11 01.2011
Por Denis Zanini Lima [ postado às 17:09 ]

Tuitar ou utilizar as mídias sociais enquanto a hora do embarque não chega é uma prática que tem se tornado cada vez mais comum nos aeroportos do mundo inteiro.

A companhia aérea holandesa KLM percebeu sabidamente essa tendência e resolveu investir na força da Web 2.0 para desenvolver uma campanha de experiência de consumo para se aproximar de seus clientes.

A ação chamada KLM Surprise funcionava da seguinte forma: um grupo de profissionais identificava os passageiros presentes ao aeroporto que postavam no Twitter algo sobre sua viagem (pra onde ia, com qual finalidade, por qual empresa, etc).

Imediatamente era feita uma rápida varredura nas mídias sociais sobre o gosto do usuário e escolhido um presente condizente ao seu perfil.

Em seguida, funcionárias da companhia, devidamente uniformizadas, rumavam para a área de embarque exibindo um cartaz com o nome do passageiro.

O sujeito se identificava, ficava ciente da ação, e ganhava o mimo.

Por exemplo: um passageiro que ia para Nova York ganhou um guia da cidade. Outro que ia para um congresso sobre mídias sociais recebeu um ingresso para assistir o filme A Rede Social; e uma senhora de idade, que viajava muito, ganhou um upgrade de classe.

A reação das pessoas? De surpresa e de gratidão.

Fantástico, não? A campanha, que não deve ter custado muito, visto que os presentes não eram caros, mas quase customizados, rendeu mais de 1 milhão de impressões só no Twitter e, certamente, a preferência de muitos clientes na área de fazer outra viagem.

compartilhe:
Share
1 comentário

Moovee.me: começou a segmentação do Twitter

11 08.2010
Por Denis Zanini Lima [ postado às 21:17 ]


E não é que o Twitter já está dando cria?

O Moovee.me é uma espécie de Twitter sobre filmes, no qual as pessoas escrevem resenhas ou sugerem filmes utilizando apenas os famosos 140 caracteres.

Elas também podem dar notas para as obras, seguir outros usuários e serem seguidas.

O suporte de dados e imagens é feito pela Netflix.

A idéia – cujo autor é brazuca – é bem bacana e vem ganhando adeptos, incluindo este escriba.

Falta um aplicativo para o Iphone e ainda é cedo pra dizer se a iniciativa (que completou um mês em funcionamento) dará certo, mas a segmentação dos microblogs parece ser uma tendência.

Em breve poderemos ter microblogs exclusivos sobre meio ambiente, literatura, tecnologia, gastronomia, canibalizando, talvez, o próprio Twitter.

Nessa corrida se dará melhor quem agir mais rápido e souber fazer bom uso do rich media e das outras mídias sociais para se promover.

Demorou. Mas o atendimento via Twitter do Santander funciona.

29 07.2010
Por Denis Zanini Lima [ postado às 16:02 ]


Há tempos venho analisando as campanhas do Banco Santander.

O correto posicionamento da empresa como amigo responsável do cliente, preocupado com políticas sustentáveis, emoldurado pelo slogan “Vamos fazer juntos?”, é sensacional.

Superou até mesmo as campanhas do Itaú que, via de regra, são brilhantes.

Por conta disso comecei a me interessar pelo banco.

Quando vi o novo comercial, em que divulgam o Twitter do banco e da sua ouvidoria, pensei: finalmente uma grande empresa criou coragem e resolveu investir pesado na promoção das mídias sociais para se relacionar com os clientes.

E decidi: quero ser cliente desse banco!

Por conta disso, na terça, enviei duas mensagens pelo passarinho azul:

Confesso que esperava um retorno breve.

Assim como aconteceu com a Best Buy.

Para minha frustração a resposta demorou cerca de 24 horas. E pedindo para que eu passasse meu telefone.

Fiquei um pouco decepcionado.

Esperava algo mais rápido e certeiro, como a dinâmica do Twitter pede.

Mas já é um começo.

Creio que com alguns ajustes o atendimento poderá ser mais ligeiro e eficiente.

De qualquer forma é inegável que o Santander inaugurou uma nova era na relação banco-cliente.

Resta saber como será a qualidade desse atendimento.

Como fã das mídias sociais torço para que essa iniciativa tenha sucesso.

É possível fazer SAC eficiente pelo Twitter? A Best Buy prova que sim.

13 07.2010
Por Denis Zanini Lima [ postado às 19:48 ]


Mais um exemplo do uso assertivo das mídias sociais pelas grandes corporações.

A Best Buy, gigante do varejo norte-americano, criou o TwelpForce, um grupo de profissionais treinados para responder, no esquema 24×7, dúvidas dos usuários do Twitter sobre os mais diversos produtos e serviços.

Detalhe: pode ser qualquer internauta. Não é preciso ser cliente da loja ou fazer aqueles cadastros intermináveis no site, informando nome, CPF, tipo sanguíneo e signo do zodíaco.

Basta enviar uma mensagem para @twelpforce

Resolvi fazer um teste pra checar a rapidez e eficiência do negócio.

Enviei a seguinte pergunta: “I want to connect my notebook to my tv. Which kind of cable I need to buy”?

Em 20 minutos veio a resposta do @agent14677: “Without knowing the connections available on either device I’d say that VGA would be the easiest”.

Incrível, não?

Bem melhor do que ficar horas pendurado ao telefone, ouvindo aqueles horrendas músiquinhas, ou esperando os emails de resposta da seção “Entre em Contato” que, obviamente, nunca chegam.

A ação foi premiada em Cannes com o Leão de Titânio.

compartilhe:
Share
4 comentários

Água que passarinho bebe

15 01.2010
Por Denis Zanini Lima [ postado às 16:59 ]

Um passarinho azul me contou que o Cangibrina também está no Twitter.

Se você quiser ficar por dentro sobre cinema, publicidade, música, internet, artes plásticas, humor, política, literatura e futebol Follow us

compartilhe:
Share
Nenhum comentário